E criminalizaram o “rolezinho”…

19 de janeiro de 2014
Não toleram as “patricinhas” e os “mauricinhos”, a riqueza alheia, a civilização mais educada. São bárbaros incapazes de reconhecer a própria inferioridade, e morrem ...
Leia mais