Conecte-se com a gente

Novos Diálogos

Carta de amor ao meu inimigo

Especiais

Carta de amor ao meu inimigo

Convite ao arrependimento

Meu querido inimigo,

Jesus mandou amar os inimigos, mas você é desafio grande demais para mim. Afinal, não é fácil amar o capitão que esmaga o meu pescoço com o coturno, porque você, Bolsonaro, é o meu opressor.

Você é meu inimigo, não por escolha minha, mas porque você é o inimigo de tudo e de todas que me representam: da justiça, da igualdade, da paz, do amor, e das sem-terra, sem-teto, sem-pão e sem direitos. Sempre lutei ao lado delas, e eu sou um pastor evangélico.

Escrevo esse texto, como uma oração, tentando opor um tom de voz gentil a toda a sua vociferação. E veja bem, um amigo meu, do qual você também é inimigo, Paulo Freire, me adverte que a única forma de se amar um opressor é ajudá-lo a se livrar de sua atitude opressora.

Então, queria lhe pedir, diante do amor do Pai, duas coisas:

Primeiro, desista de todo o seu discurso misógino, racista, homofóbico, violento, e de toda morte que você espalha em suas palavras e projetos.

Segundo, desista de sua candidatura. Já pensou se você ganha? Você vai ser humilhado. Porque você sabe que não tem experiência administrativa, nem poder de articulação e negociação.

Em trinta anos de legislatura, você não demonstrou nenhuma capacidade criativa e tudo que você apoiou é contra os direitos dos trabalhadores e das que sofrem.

Então, meu querido inimigo, se arrependa. Arrependimento vem de uma palavra grega, metanoia, e significa mudança de mente e de atitude.

Arrependa-se, portanto, de ser opressor e de ser candidato. Eu lhe garanto que será muito bom, tanto para o Brasil quanto para você.

No aprendizado do amor

Marcos Monteiro, pastor batista.

Assessor de pesquisa do Centro de Pesquisa, Estudos e Serviço Cristão (CEPESC). Mestre em Filosofia, faz parte do colégio pastoral da Comunidade de Jesus em Feira de Santana (BA) e e do grupo de pastores da Primeira Igreja Batista em Bultrins, Olinda (PE). É membro da Fraternidade Teológica Latino-americana do Brasil e da Aliança de Batistas do Brasil. Escritor, editor e articulador na Editora e Rede Curviana.

1 Comentário

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Especiais

Subir