Conecte-se com a gente

Novos Diálogos

Nota de Repúdio da Rede Fale contra o Corte de Verbas na Educação

Notícias

Nota de Repúdio da Rede Fale contra o Corte de Verbas na Educação

Nota de Repúdio da Rede Fale contra o Corte de Verbas na Educação

Nós, evangélicos de diversas igrejas e organizações cristãs, manifestamos nosso profundo desapreço pela posição do atual governo em cortar verbas para a educação pública no Brasil.

Entendemos, em primeiro lugar, que a educação é um direito fundamental não apenas consagrado na Constituição Federal, mas um direito humano importante para a promoção da cidadania e do desenvolvimento social.

É imperioso afirmar que se mede o compromisso dos nossos representantes através da busca em promover a educação como um valor determinante para a emancipação humana e política de seu povo. Contudo, além de declarações desairosas contra os educadores e contra a universidade pública, o atual governo ataca também a educação básica, técnica e tecnológica. 

Vale aqui lembrar que, segundo dados da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o Brasil já é um dos países que menos tem investido em seus alunos e o presente corte agrava mais a situação em que se encontram as escolas, institutos técnicos e universidades. O estudo “Education at a Glance 2017” mostra que enquanto o investimento médio dos países membros da OCDE era de US$ 10.759 anuais por aluno em todos os níveis de educação, no Brasil se investia apenas metade do valor (US$ 5.610 anuais). Sendo assim, os gestores públicos deveriam estar comprometidos, prioritariamente, com a ampliação de mais vagas e mais recursos para o ensino, pesquisa e extensão, em vez de cortar verbas.

Clamamos aqui junto com estudantes, docentes e pesquisadores para que tais medidas que sufocam um direito tão importante para o nosso Brasil não sejam ampliadas. Nossa oração pela sociedade brasileira, por diversas vezes divididas em diferentes opções políticas, é que se una em defesa da Educação Brasileira.

Em Cristo, nossa Viva esperança e mestre maior,
Rede Fale

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias

Subir