Conecte-se com a gente

Novos Diálogos

Ser fiéis a nossa “natureza” (Romanos 1.26, 27)

Artigos

Ser fiéis a nossa “natureza” (Romanos 1.26, 27)

Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão.

Nesta passagem, Paulo está escrevendo sobre a idolatria, sobre quem troca a “glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal” (Romanos 1:23). Ele está preocupado com aqueles que participam da adoração não natural das coisas criadas na natureza, em vez da adoração natural de Deus evidente em toda a natureza. Este não é um texto sobre a homossexualidade, mas sobre a troca do que é natural pelo não natural. Se esta passagem for lida com um viés heterossexual, é fácil supor que o termo “não natural” é uma referência à homossexualidade.

O que Paulo diz é que há homens heterossexuais que trocam “relações naturais” para serem “inflamados de paixão uns pelos outros”. Em outras palavras, os homens estão sendo condenados a mudar sua natureza. Paulo se refere a homens heterossexuais que mudam sua natureza para práticas homossexuais — uma prática comum do tempo de Paulo, onde escravos heterossexuais e prostitutas eram forçados a atividades homossexuais.

Paulo critica aqueles que obrigam os heterossexuais a participar de atividades do mesmo sexo contra sua vontade. Se quisermos aplicar esse ensinamento hoje, poderíamos dizer que os homossexuais também não devem trocar sua natureza (orientação) pelas práticas heterossexuais.

Esta passagem da Bíblia também diz que as mulheres estavam “trocando suas relações naturais por outras, contrárias à natureza”. Esse é o único lugar em toda a Bíblia onde a lesbianidade é mencionada. Ou não? Por que se supõe que “práticas contrárias à natureza” neste caso se referem a mulheres que fazem sexo com o mesmo gênero? Fiel aos argumentos de Paulo contra a troca do que é natural pelo não natural, as práticas não naturais poderiam ser uma referência a mulheres que agiam de forma contrária às normas patriarcais da época? Ele poderia estar falando de mulheres que se recusam a ser passivas no lar?

* Traduzido e adaptado de A la Familia: una conversación sobre nuestras familias, la Biblia, la orientación sexual y la identidad de género, escrito pelo Rev. Dr. Miguel de la Torre, Rev. Dr. ignacio Castuera e Lisbeth Meléndez Rivera, produzido por Unid@s LGBT, Human Rights Campaign Foundation e National Gay and Lesbian Taks Force.

O Evangélicxs pela Diversidade é uma rede que reúne pessoas LGBTI e aliadxs que se identificam como evangélicas e que entendem que a diversidade sexual e a identidade de gênero devem ser celebradas como expressões da fé e espiritualidade, e que independente do gênero ou sexualidade, as comunidades de fé podem ser um lugar seguro para todxs.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Artigos

Subir