Conecte-se com a gente

Novos Diálogos

Campanha “Não é normal, é racismo!”

Campanha “Não é normal, é racismo!”

Em 20 de novembro acontece o Dia da Consciência Negra. A data tem origem na homenagem ao Zumbi dos Palmares, um pernambucano que nasceu livre, mas foi escravizado aos 6 anos de idade. Ele se tornou líder do Quilombo dos Palmares, e faleceu no dia 20 de novembro de 1695, mas seu nome se tornou símbolo de luta e resistência pela liberdade.

Esse ano, a Igreja Metodista e sua Pastoral Nacional de Combate ao Racismo apresentam a campanha “Não é normal, é racismo!”, com dados e informações que passam muitas vezes como normais aos olhos de muitas pessoas. A ausência da criança negra na publicidade, a invisibilidade de autores/as negros/as no meio acadêmico e no mercado editorial e a violência que apresenta números de extermínio contra a população negra são alguns dos casos apresentados. Problematizar frases, afirmações, comentários e “piadas” racistas, são desafios também presentes na campanha.

Esses dados e a normatização deles, são problemas a serem enfrentados, e entendemos que, como igreja, precisamos nos posicionar. Assista abaixo a mensagem de Juliana Yade, pessoa de referência da Pastoral Nacional de Combate ao Racismo da Igreja Metodista. Você pode compartilhar o vídeo com a sua igreja e em suas redes sociais, e falar sobre a campanha com família e amigos/as, fazendo com que o debate tenha o maior alcance possível.

A Pastoral do Combate ao Racismo da Igreja Metodista convida todas as igrejas a promoverem rodas de conversa sobre o tema durante o mês de novembro, abordando os assuntos indicados nos conteúdos.

Acesse aqui para mais informações sobre a campanha “Não é Normal, é Racismo!”: http://www.metodista.org.br/nao-e-normal-e-racismo

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias

Subir